Classificação sofrida na Copa do Brasil

Escrito porno 1 de junho de 2017

Não precisava ser assim

Com muito sofrimento, o Palmeiras conseguiu a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

Em noite fria e com muita chuva, o Palmeiras sofreu contra um time emocionalmente abalado, e sabemos como é estar na segunda divisão, mas diante do melhor elenco do futebol brasileiro, o Internacional superou o momento ruim.

O primeiro tempo foi de um time só e de um erro grave da arbitragem que poderia ter complicado a vida do Inter ainda no primeiro tempo. O juiz Ricardo Marques Ribeiro não “viu” um pênalti claro cometido pelo jogador do Internacional após finalização de Willian, a bola chegou a tocar duas vezes nas mãos do jogador colorado dentro da área, a primeira defesa do jogador Léo Ortiz foi com a mão direita, na sequência ela sobe e bate na mão esquerda, mas a arbitragem não viu o lance e mandou seguir.

O gol do Internacional saiu de falha na saída do meio campo e na falha da marcação na lateral onde Zé Roberto não se encontrava, com a qualidade de D´alessandro recebendo sem marcação, ficou difícil para qualquer reação do goleiro Fernando Prass.

Não vou falar do gol feito por Róger Guedes e anulado pela arbitragem, na minha opinião foi um lance muito difícil, mas se sou eu o bandeirinha, deixaria seguir.

Com o placar a seu favor e precisando de mais um gol para se classificar, o Internacional voltou para o segundo tempo um pouco mais tranquilo, tentando manter o mesmo ritmo do primeiro tempo, até conseguiu, logo aos 10 minutos em mais uma falha de marcação pelo lado de Zé Roberto, D´alessandro fez ótima jogada e colocou Willian na frente da zaga, que cruzou e deixou  Nico Lopez na cara do gol só para empurrar pro gol.

O segundo gol acalmou o Inter e colocou fogo no jogo, porque o Palmeiras se atirou para o ataque. O placar de 2 a 0 classificava o time gaúcho, mas depois do gol o Palmeiras foi para o tudo ou nada, teve chances de fazer o primeiro e mais um pênalti não marcado em Zé Roberto onde D´alessandro puxou o vovô pelo ombro, mas mais uma vez o árbitro se recusou a ver.

Na base do bumba meu porco e das jogadas paradas, o Palmeiras conseguiu o gol, falta cobrada por Jean, passou por Borja e bateu no volante Thiago Santos, desviando do goleiro que só olhou.

Uma vitória sofrida, amarga, mas sem grandes traumas para o time colorado, que este ano está focado em jogar bem e conseguir a volta para a elite do futebol brasileiro. Foi sofrida também para os torcedores do Palmeiras, na esperança de ver o time melhorando o desempenho desde a chegada do técnico Cuca, nada mudou, nem o futebol nem o sofrimento, ainda mais com experiências tipo professor Pardal, uma noite para ser esquecida, aliás alguns jogadores esqueceram que sabem jogar futebol, entre eles podemos citar, Tchê Tchê, Jean, Edu Dracena, Dudu e Willian.

O torcedor ainda espera a efetiva chegada do novo técnico, porque nada mudou em campo, o que nos mostra que o ex-treinador Eduardo Batista não era tão culpado assim pelo rendimento do time em campo. É hora da diretoria aparecer mais um pouco, pedir em campo o retorno que os jogadores tem na conta bancária, se precisar, e acredito que possa ajudar, fechem os treinos e blindem os jogadores. Não vejo com bom olhos a exposição dos jogadores em reuniões para conversas sérias no gramado, algumas atitudes precisam e devem serem tomadas nos vestiários, internamente. Sabemos o quanto jogadores são melindrados e mimados, culpa dos próprios clubes, mas que em alguns casos é preciso resguardá-los, como não é possível sair da capital e isolar o time, já que os jogos são muito próximos, vejo com bons olhos fechar os treinos.

Faço parte da imprensa, que vive e precisa de notícias, mas sou mais TORCEDOR e defendo o meu clube. É hora também, e mais do que nunca, que os torcedores mostrem seu apoio ao time e aos jogadores, e repensem suas publicações nas redes sociais, quanto mais criticamos, mais os adversários comemoram. Quem tem que comemorar somos nós, que vivemos o melhor momento do clube, dentro e fora de campo.

Cuca, um recado. Não fique falando coisas sem pensar. Falar que o time mais perdeu do que ganhou, que o time é mais fraco do que do ano passado é querer justificar um trabalho que você ainda não teve tempo para mostrar com esses novos jogadores, e deixe de dar uma de professor Pardal, com essas atitudes você mostra que não confia nos jogadores que estão no banco e que são das posições que você improvisa.

Deixo o meu agradecimento aos ouvintes e amigos da Web Rádio Verdão, que a cada dia vem nos fortalecendo, nos apoiando e deixando nossa responsabilidade ainda maior, para que nosso trabalho tenha ainda mais seriedade e  chegue o mais próximo do profissionalismo.

Obrigado.

Claudio Ricci


Opiniões do leitor

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Continue lendo

Web Rádio Verdão

A rádio do torcedor Palmeirense feita por Palmeirenses

AO VIVO
TITULO
ARTISTA

Carregando...