Verdão goleia Taubaté por 7 a 0, avança às oitavas e impõe maior placar da Copinha

Escrito por em 15 de janeiro de 2018

Crédito: Bruno Alexandre Elias
Departamento de Comunicação SEP

A equipe Sub-20 do Palmeiras atropelou o Taubaté por 7 a 0 na manhã deste domingo (11), no estádio Joaquinzão, em Taubaté (SP), e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os gols marcados por Fernando, Yan, Gabriel Furtado, Luan, Matheus Neris e Papagaio, duas vezes, fizeram do placar o maior desta edição do torneio até aqui, ao lado dos 7 a 0 aplicados pelo Botafogo-RJ sobre o River-PI. O próximo rival palestrino na competição será o Vasco na terça-feira (16), às 15h, no mesmo local.

A vitória sobre o Burro da Central melhorou o retrospecto invicto do Verdão, que agora acumula cinco triunfos e um empate em seis jogos. O Alviverde busca o título inédito da mais tradicional competição de base do país. Curiosamente, todos as atuações da equipe até aqui foram em Taubaté, já que a cidade sediou o time em todas as fases.

A cidade, aliás, costuma trazer sorte para o Palmeiras: foi lá onde o Alviverde se instalou na Copinha de 2007. Além disso, em 2003, ano do último vice-campeonato do Verdão, o time disputou dois jogos no local: venceu o próprio Taubaté, nas oitavas de final (nos pênaltis, por 4 a 3), e superou o Vitória, nas quartas de final (por 3 a 2 no tempo regulamentar).

A boa atuação do Palmeiras na Copinha 2018 tem explicação: o time vem embalado da conquista do Campeonato Paulista Sub-20 no final da última temporada, com uma campanha avassaladora (23 vitórias, cinco empates e duas derrotas em 30 jogos, além do melhor ataque e defesa menos vazada – 75 gols marcados e 19 sofridos).

O sucesso da base palmeirense na temporada de 2017, inclusive, não se restringe ao time Sub-20. O ano passado pode ser considerado mágico na história do Verdão, já que o clube teve, pela primeira vez, as cinco categorias na decisão do Campeonato Paulista (Sub-11, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-20). Além disso, o Alviverde ainda conquistou a Copa do Brasil Sub-17 (principal torneio nacional da categoria).

O jogo

A volta do zagueiro Vitão após cumprir suspensão contra o Botafogo-PB e a titularidade do volante Gabriel Furtado e do meia Alan foram algumas das novidades do Palmeiras na partida.

Ao longo de quase todo o primeiro tempo, o Alviverde colocou velocidade e eletrizou a partida. O Verdão foi o time que criou as melhores chances, apesar de também ter sofrido alguns sustos – um dos ataques do adversário, inclusive, parou no goleiro Anderson, que, sempre que fora requisitado, deu conta do recado.

Mesmo com muito combate, foi apenas aos 48 do primeiro tempo que saiu o gol, no último lance da etapa. Pela esquerda, o meia Alan lançou para o lateral Luan, que encontrou Fernando na área para abrir o placar. (Palmeiras 1×0 Taubaté)

Sem alterações no time para o segundo tempo, o Verdão voltou a campo e já marcou o segundo gol com Yan. O detalhe que mais impressiona foi o tempo do gol: 20 segundos. A jogada foi trabalhada desde a saída de bola e surtiu efeito. (Palmeiras 2×0 Taubaté)

Após o gol-relâmpago, o time adversário se deixou abalar, e o Verdão se aproveitou do momento de instabilidade para continuar ampliando o marcador. O terceiro gol veio com Gabriel Furtado, aos sete minutos, que comemorou imitando um pitbull após soltar uma bomba de pé esquerdo de fora da área. (Palmeiras 3×0 Taubaté)

Quando o time da casa começou a reagir e o ritmo da partida havia esfriado, o Palmeiras incendiou a partida. Primeiro com duas bolas na trave no mesmo lance, de Alan e Vitão. Em seguida, aos 26, o Verdão fez a partida virar goleada, marcando o quarto gol com Luan, que recebeu livre de Papagaio. (Palmeiras 4×0 Taubaté)

O jogo começou a virar festa quando Matheus Neris ampliou a vantagem palmeirense, marcando o quinto gol de fora da área, aos 32 minutos. (Palmeiras 5×0 Taubaté)

Contagiado pela chuva de gols no segundo tempo, o time comandado por Wesley Carvalho aproveitou o embalo e marcou mais um gol aos 34, com Papagaio, que havia saído do banco de reservas: ele marcou de pé direito, dentro da área, após passe açucarado de Fernando. (Palmeiras 6×0 Taubaté)

O derradeiro gol da partida veio aos 39 minutos, novamente dos pés de Papagaio, que teve uma atuação de gala. O camisa 19 palmeirense recebeu cruzamento de Luan para marcar de cabeça, sem dar chances de defesa ao goleiro do Taubaté. (Palmeiras 7×0 Taubaté)

Palmeiras: Anderson; Johnny (Maílton, 23’ do 2ºT), Vitão, Iago, Gabriel Furtado (Matheus Neris, 23’ do 2ºT) e Luan (Matheus Bahia, 31’ do 2ºT); Aldo (Papagaio, 23’ do 2ºT), Alan, Fernando, Yan (Juninho, 23’ do 2ºT) e Léo Passos (Pablo, 35’ do 2ºT). Técnico: Wesley Carvalho.

Gols: Fernando (48’ do 1ºT), Yan (1’ do 2ºT), Gabriel Furtado (7’ do 2ºT), Luan (26’ do 2ºT), Matheus Neris (32’ do 2ºT) e Papagaio (aos 34’ e 39’ do 2ºT).




Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Faixa Atual

Título

Artista

Background
1
Participe das transmissões!
Powered by