Não é o Palmeiras que queremos

Escrito por em 10 de julho de 2017

Nós torcedores estamos brabos, bravos, e tudo que tenha esse sentido. Não é pra menos.

Com o elenco que montamos, com o técnico que pedimos e com o nosso apoio incondicional, era para o Palmeiras estar jogando melhor, na língua do boleiro é, jogando mais bola, jogando por música.

O time melhorou nos últimos 6 jogos, mas não é aquele time de 2016, com garra, com vontade, com alegria de jogar.

Estamos sofrendo por conta de erros individuais, erros bobos que demonstram a nítida falta de concentração, jogos fáceis que nós mesmos estamos complicando. Seria salto alto? Soberba? Ganhamos quando quisermos? A hora que decidirmos? Ou perderam a confiança no técnico? Nas mudanças sem sentido, onde lateral vira meia, zagueiro vira lateral, volante vira lateral.

Fernando Prass começou o ano muito irregular, claro que merece nosso respeito, mas é nítido que o momento do nosso goleiro não é o melhor, falhou no campeonato Paulista, tem falhado no campeonato brasileiro, colocar Jailson é a melhor opção no momento.

Mas a questão é. Porque o técnico Cuca está demorando tanto para ajustar o time, a base do ano passado continua, não foram tantas mudanças assim, Vitor Hugo já tinha perdido a titularidade, Gabriel Jesus não foi titular toda a temporada, e ganhamos muito em qualidade individual, chegou Felipe Melo, Borja, Luan, Guerra, Willian, Bruno Henrique, e outros com menos qualidade, mas jogadores dessas posições que o técnico vai improvisando.

Os dois jogos contra o Cruzeiro devem ser estudados minunciosamente pelo grupo, o técnico e os jogadores precisam notar que estamos perdendo para nós mesmos. Não adianta ter mais posse de bola, cruzar mais, tocar mais a bola. É fundamental que o time chute a bola no gol, não podemos contar com gol contra, falha de marcação, essas coisas não acontecem toda hora, temos que mostrar a nossa força, a nossa qualidade, mas é preciso treinar finalizações, esse tem sido o nosso grande pecado. Atacamos, atacamos e de tanto perder chances vamos perdendo a motivação, e é aí que os adversários tem aproveitado, as falhas individuais acontecem quando um zagueiro tenta fazer o que o meia não faz, ou o volante sai da sua posição para fazer o que o atacante não faz.

A falta de confiança é total, e o descontrole nessas horas tem sido fatal para nós, tem faltado aquela vibração em uma dividida, o aplauso em um chute pra lateral, no corte de cabeça, e também incentivo na hora do passe errado, não só reclamar com o companheiro ou dar bronca.

Temos um jogo importante quarta-feira sim, mais pela história do que pelo momento, e o nosso, no geral, não é ruim, mas pode ficar bom com uma boa vitória contra o maior rival diante da torcida. Para eles não deve mudar muito, mas para nós pode ter um efeito extraordinário na sequência do brasileiro, da Copa do Brasil e principalmente de Libertadores, mesmo ela acontecendo em praticamente daqui um mês, mas é vitamina boa, energia que contagia, que contamina.

O apoio do torcedor não faltará, nunca faltou.

Agora é hora do time jogar para a torcida, nós é que estamos precisando dessa demonstração de raça, de força, de amor ao clube. Nós já fazemos nossa parte faz tempo.

Forte abraço Verde

Claudio Ricci


Opnião dos Leitores
  1. Rodrigo   Em   10 de julho de 2017 em 16:11

    A resposta está no texto “chegou Felipe Melo, Borja, Luan, Guerra, Willian, Bruno Henrique, e outros com menos qualidade” o time é outro, não tem base, jogadores que não conseguem assimilar o que o treinador pede, temos jogadores mas não elenco não temos 2 laterias para jogarem sem ficarmos preocupado e o time muda toda hora.

  2. Professor João Donizeti de Oliveira   Em   10 de julho de 2017 em 16:23

    Sou um eterno apaxonado pelo verdão joguei futebo, amei oque fazia e não consegui se profissionalizar por causa de ter quebrado o pé direito em dois lugares em um acidente ai o texte iria embora em uma só chance , mas a vida continua com carinho pelo palmeiras e a volta do Cuca me deixou feliz e jogadores com Praz deveria chegar no Cuca deixa o Jailson entrar até que possa voltar 100% e outros jogadores não estão rendendo oque deveria render Egidio ,Zé Roberto, e outros que pra mim não serve e a camisa do Verdão não e pra qualquer jogador têm que amar o clube e jogar fazendo o melhor ai e outra os diretores estão errando muito e o presidente a Cara mostra o lugar dele não é no palmeiras.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Continue lendo

Faixa Atual

Título

Artista

Background
1
Participe das transmissões!
Powered by